história

Momento mágico do Bike Polo. A torcida inesperada.

 

No Bike Polo, todos tem um momento mágico que fica marcado pra sempre na lembrança. Comigo não poderia ser diferente….

Imagem

 

Imagem

 

O momento que eu nunca esqueço é um no Sulamericano na Argentina (Che Polo) de 2012.

Estavamos prestes a iniciar o jogo que na minha opinião foi o decisivo na busca do campeonato. Pela segunda vez naquele torneio nós (Underdogs) nos deparamos com os Jinetes (Argentina).

Imagem

Esse jogo ficou marcado por vários motivos. Primeiramente porque alguns jogos antes haviamos sido derrotados por eles em um emocionante jogo que foi decidido na prorrogação, o que nos jogou para a chave dos que ja haviam perdido um jogo. Sendo assim não poderiamos perder mais se quizessemos ser campeões.

Um outro fato que marcou esse jogo foi a torcida brasileira que depois dos argentinos era a que estava em maior número. Nos apoiou incondicionalmente e passou muita energia.

Momentos antes do inicio do jogo começaram a gritar dando força e como de costume antes dos jogos, a uivar como cães,freneticamente sem parar.

Para a surpresa de todos, naquele momento os cães de verdade das redondezas começaram a uivar em unisono com a torcida fazendo um lindo coro que repercutiu em todos os lugares por alguns minutos.

Por alí ser um parque que muitos dos cidadãos locais usam para passear com seus cachorros,  e naquele momento estava repleto deles.

A uivação foi tamanha que gerou uma enorme comoção em  todos que estavam alí e na minha opinião infligiu certo medo nos corações dos nossos oponentes que ao final não resistiram e sucumbiram.

 

Anúncios

SPBP: 3 anos de história! Feliz aniversário galera

É com muita, muita, MUITA alegria e satisfação que comemoramos HOJE os 3 anos desde o primeiro jogo de Bike Polo em São Paulo (e a criação “oficial” do SPBP).

Foi em 24/10/2009, numa quadra qualquer do Jabaquara, numa tarde após o lindo casamento de Willian Cruz (autor do Vá de Bike) com Priscila Cruz onde todos estávamos em êxtase com o pedal do casório e bem vestidos (demais) para jogar Bike Polo.

Todos meio sem jeito, com bicicletas difícieis de controlar, caindo e levantando, sorrindo, engatinhando no jogo e nas regras. O resultado disso? Partidas épicas, de arranhões e alegrias – digno de SPBP.
“O Rafa Rodo fez o primeiro gol em terras brasileiras. Ele tava usando uma montain bike com um caixote no bagageiro. Foi daqueles gols meio ridículos, em que a bola vai indo e ninguém consegue impedir. Todo mundo muito cabaço. Nesse dia enfiei o taco na roda da frente e estourei um aro” relatou o querido Silvio Tambara, também dos primórdios do esporte.
Veja o primeiro relato disso no FixaSampa 
As primeiras fotos feitas por mim, Aline Cavalcante, hoje integrante da Liga Feminina
Parabéns a todos(as) que fizeram e fazem parte dessa história, um beijo especial ao Wagner Carvalho, um dos caras mais importantes, empolgados e entusiastas do esporte aqui na cidade-cinza. Ele com certeza é também um dos grandes responsáveis pela disseminação do Bike Polo no Brasil. Além do mais, o Wagneta atualiza o blog do SPBP, JOGA PRA CACETE, é o atual campeão sulamericano junto com seu time, o Underdogs, formado por Flávio Nonato e Gabriel Gargamel.
É o nosso bebê de três aninhos começando a caminhar de verdade e que em 2013 vai ter que dar um pulo de gente grande, quando seremos sede do Sul-americano de Bike Polo. É o Brasil, São Paulo e a América do Sul representando muuuuuuito o esporte!!! 😀

Finalmente sairam as bolas próprias para o Bike Polo.

Near the end of the summer last year, Fixcraft approached NAH with a great plan: let’s finally make a ball designed for the game we love. The approach was simple. Fixcraft would handle the finances and prototypes, NAH would help with distribution and research. And furthermore, Fixcraft would donate a portion of all profits to our fledgling organization.

Tradução:

Perto do final do último verão, a Fixcraft contactou a NAH com um grande plano: vamos finalmente fazer uma bola especialmente desenhada para o jogo que tanto amamos. A parada era simples. a Fixcraft finaciaria as finanças e os protótipos e a NAH ajudaria com a distribuição e pesquisas. Além disso a Fixcraft doaria uma proção de todo lucro par a nossa recém nascida organização….

veja mais aqui.

The last Polo of the Year…

Galera, esse ano foi especial pra todos nós. Começamos em baixa, e apesar de muita gente dizendo que é um esporte sem futuro, perseveramos e crescemos. Bom, disseram o mesmo das bikes fixas. [Sei lá, vai ver muita gente  acha que as coisas não tem futuro baseados em suas próprias vidas.]

Agora, no final de mais um ano o balanço é de que crescemos mais de 400% em número de adéptos. Uma galera sem preconceitos e que aderiu ao Bike Polo como seu esporte preferido e que está unida com um único objetivo.

Conseguimos montar  times e fomos ao Campeonato Sulamericano com dois: Underdogs e Unit Eleven

Fomos vice-campeões com os Underdogs:

Campeões do primeiro Sulamericano de Bike Polo

Muito obrigado a todos pelo ano maravilhoso e pelos ótimos encontros semanais com jogos inesquecíveis e muita diversão.

Ano que vem será ainda melhor, com mais jogadores e com o nivel cada vez melhor. E novas conquistas.

Grande abraço e feliz ano novo a todos.

 

Poderia um esporte olímpico perdido no tempo fazer seu retorno?

A BBC de Londres seguiu a história e a evolução desse esporte perdido chamado bike Bike Polo, e pergunta se ele um dia poderia retornar à sua antiga glória olímpica.

O bike polo em suas duas formas [campo e quadra] pode ser considerado um esporte pouco divulgado mesmo tendo sido um esporte olímpico.

O bike polo tradicional foi inventado como um alternativa mais barata ao polo tradicional [a cavalo], e o bike polo moderno jogado em quadras duras ou “hard court” é, na maioria dos lugares, “underground” ou seja, ainda é organizado pelos próprios jogadores e não por uma entidade esportiva.

Desconhecido pela maioria, entretanto, fez uma aparição nos jogos Olímpicos de Londres de 1908.

Agora a BBC de Londres, interessada pelo esporte, começa a questionar se ele poderia um dia retornar.

O Jogo Tradicional

Como esporte o bike polo tem origens humildes. Criado em 1891 pelo Irlandês chamado Richard J. Mecredy, o jogo original foi concebido para os campos gramados.

Se espalhou pela Gran Bretanha na década de 1890, com um clube em Catford, [sul de Londres] chegando até a França e Estados Unidos.

O primeiro jogo internacional foi no campo de Cristal Palace quando a Irlanda bateu a Inglaterra por 10-5.

Com o ganho em popularidade fez sua aparição como esporte de demonstraçnao nas Olimpíadas de Londres de 1908 onde  a Irlanda ganhou da Alemanha por 3-1 na grande final no Estádio de Shepherd,s Bush.

Contudo, o esporte não reapareceu nas Olimpíadas de Estocolmo de 1912,  e dois anos depois foi abandonado durante a primeira guerra mundial.

Na década de 30 houve o renascimento do bike polo através da [BPAGB] Associação Britânica de Bike Polo com um novo modelo de regras.

O primeiro jogo sob essas novas regras foi em Surrey [ também sul de Londres] em maio de 1930. Poucos meses depois uma liga regional britânica foi criada.

O Volódromo de Herne Hill foi palco do primeiro jogo organizado pela BPAGB e a partir daí vários times foram criados por toda Gran Bretanha.

Em 1938, ja haviam mais de 170 times oficiais em 100 clubes com mais de 1000 jogadores. Esse foi o ápice de popularidade do bike polo.

O esporte foi interrompido mais uma vez com a segunda grande guerra e de acordo com o verterano jogador de polo Peter Wall, após a segunda guerra mundial muitos jogadores que conseguiram retornar e os jovens que existiam não foram suficientes para recuperar o esporte. Mas até os dias de hoje o bike polo tradicional continua a ser jogado com muito pouco do que restou de sua popularidade do passado.

O Bike Polo moderno

O “Hardcourt Bike polo”,  foi desenvolvido em Seattle nos Estados Unidos na virada deste século. Desde então, vem se espalhando pela Europa, Reino Unido e pelo mundo e foi adaptado perfeitamente ao ambiente urbano.

Surgiram tanto ligas internacionais como britânicas e em Londres, mas mesmo assim ainda com um toque “underground” e com uma cultura própria.

Os jogos são rápidos, intensos e com muitos acidentes. Os jogadores são seus próprios mecânicos e customisam suas bikes e capacetes e os jogos acontecem normalmente a noite, após o trabalho ou faculdade e é uma ótima ferramenta de socialização e de valvula de escape para o estress do dia a dia.

Não existe uma entidade governante e é organizado pela comunidade ciclística.

Algumas fotos do passado e do presente .

Um esporte Olímpico?

Considerando a crescente popularidade em todo o planeta – com ligas na Europa, Inglaterra, nas Américas e até na India – poderia o bike polo moderno aparecer nos jogos Olímpicos?

Um membro do time campeão da Gran Bretanha  e uma figura de liderança na cena do bike polo, Matt Horwood, fala sobre suas esperanças para o futuro.

” Nós precisamos de mais estrutura, de maiores campeonatos e mais visibilidade. Assim poderá haver mais tempo de treinamento e os garotos poderão se envolver com o esporte e ser os jogadores e dirigentes no fururo até o ponto em que talvez daqui uns 10 ou 15 anos ele possa fazer parte de uma Olimpiada.”

O Sr. Horwood diz que uma aspiração a curto prazo seria gerar patrocínio, não por grandes corporações mas “pelas empresas que queiram dar suporte ao esporte, desenvolvendo o bike polo não apenas por publicidade mas ajudando os jogadores e o esporte a progredir.”

Tradução: Wagner Carvalho

fonte: BBC

encontrado pelo brother do Rio: MarcosNi


Uma breve história do Bike Polo

1891 : Richard J. Mecredy (Ireland) invents bike polo
1897 : Polo club in the USA & The Bicycle Polo Association (BPA) of Great Britain are formed
1908 : Bike polo is featured as a demo sport in the London Olympics
WWI stops polo
1938 : The BPA of Great Britain has 170 teams in 100 clubs with 1000+ players
WWII stops polo
1946 : Bike polo has a new start in Aquitaine, Paris area, Normandy and Pyrénées
1994 : Creation of the Bicycle Polo Association of America
1996 : First International Championship of bike polo (USA): India, Canada and USA compete
1999: Hardcourt bike polo is played for the first time in Seattle
2000: Hardcourt specific mallets were made out of bamboo and a street hockey ball was used
2002: Hardcourt bike polo spreads to Portland
2003: Tournaments pop up all over the West and Midwest
2004: Hardcourt bike polo spreads to New York
2006: Hardcourt bike polo spreads to London
2009: LHBPA forms
2009: European championships held in London (EHBPC 2009)