Bike Polo

Momento mágico do Bike Polo. A torcida inesperada.

 

No Bike Polo, todos tem um momento mágico que fica marcado pra sempre na lembrança. Comigo não poderia ser diferente….

Imagem

 

Imagem

 

O momento que eu nunca esqueço é um no Sulamericano na Argentina (Che Polo) de 2012.

Estavamos prestes a iniciar o jogo que na minha opinião foi o decisivo na busca do campeonato. Pela segunda vez naquele torneio nós (Underdogs) nos deparamos com os Jinetes (Argentina).

Imagem

Esse jogo ficou marcado por vários motivos. Primeiramente porque alguns jogos antes haviamos sido derrotados por eles em um emocionante jogo que foi decidido na prorrogação, o que nos jogou para a chave dos que ja haviam perdido um jogo. Sendo assim não poderiamos perder mais se quizessemos ser campeões.

Um outro fato que marcou esse jogo foi a torcida brasileira que depois dos argentinos era a que estava em maior número. Nos apoiou incondicionalmente e passou muita energia.

Momentos antes do inicio do jogo começaram a gritar dando força e como de costume antes dos jogos, a uivar como cães,freneticamente sem parar.

Para a surpresa de todos, naquele momento os cães de verdade das redondezas começaram a uivar em unisono com a torcida fazendo um lindo coro que repercutiu em todos os lugares por alguns minutos.

Por alí ser um parque que muitos dos cidadãos locais usam para passear com seus cachorros,  e naquele momento estava repleto deles.

A uivação foi tamanha que gerou uma enorme comoção em  todos que estavam alí e na minha opinião infligiu certo medo nos corações dos nossos oponentes que ao final não resistiram e sucumbiram.

 

Anúncios

Algumas dicas para que está começando…

…e para os veteranos esquecidos.

É um jogo de equipe.

O Bike Polo é um jogo de equipe. Se vc gosta de jogar sozinho, esse não é o seu jogo, vai jogar tenis, ping pong, xadrez…. Por ser composto por uma equipe pequena com apenas três jogadores, é muito importante ficar atento aos fundamentos. Perder a posse de bola, cair ou fazer uma marcação tosca pode ser fatal. Perder um jogador resulta em uma baixa de um terço do time, não é como o futebol que tem 11 jogadores e consegue seguir na partida sem um ou dois componentes. Portanto preste a atenção na hora do passe, evite cair demais e principalmente, fique atento ao posicionamento que na minha humilde opinião é o mais importante no Bike Polo. Perder o ”timing” de bola ou se perder na marcação é o mesmo que jogar com um a menos.

Confie em seus companheiros mas desconfie deles. 

Por ser um jogo de equipe, voce tem a obrigação de jogar com seus companheiros, fazer tudo sozinho torna seu jogo previsivel e faz os outros componentes do seu time se sentirem frustrados. Mesmo assim, na hora do passe ou de qualquer jogada busque o mais simples primeiro e não deixe seu companheiro numa pior dando um passe apenas pra dizer que passou a bola. Descesconfie deles na hora de tentar qualquer jogada levando em conta que ela pode não dar certo, lembre-se que tem outro time do outro lado e eles podem estar espertos na marcação ou seu companheiro pode simplesmente perder a bola. Portanto é sempre bom dar o passe e se posicionar na contenção e proteção caso dê algo errado.IMG-20130212-00532

Proteja-se e aos outros.  

Proteção é muito importante para que o jogo transcorra bem. Além das jogadas perigosas como o ”T”bone, o ”I” bone e outro tipos de choque, é preciso tomar cuidado com as tacadas. Se voce estiver com a bola e for dar uma tacada, lembre-se de onde voce esta na quadra, se tem algum jogador por perto para poder dar seu swing com segurança. Se sentir a presença de algu jogador atrás ou na frente, é sempre bom não levantar o taco acima da altura do guidão. Se for o jogador do outro time com a posse de bola, fique esperto em não ficar no raio de ação do taco quando ele ja estiver fazendo o movimento e não deu tempo de chegar para travar o chute.

Cada local tem suas diferenças.

Saiba reconhecer a quadra que está jogando. Lisa, àspera, grande, pequena… Cada quadra tem seu melhor jeito de jogar e até o seu melhor equipamento. Aqui em São Paulo por exemplo: Quando chove e jogamos na Marquise, é um piso bem liso porem sem limitação de quadra, então jogamos como futsal, com repoisição pelas laterais.É um ótimo treino pois temos jogar com mais precisão e toque curtos e certeiros e o gol só é válido de muito perto caso contrário a bola fica mais fora do que dentro de jogo. Isso faz com que o jogo fique mais técnico.

Estratégia de defesa por pressão

Como ja vimos existem várias maneiras de atacar e se defender. Como o nome já revela, esta é a defesa por pressão no campo de ataque.

Existem várias situações que ela se faz necessária (particularmente é a que eu mais gosto) principalmente quando se precisa da posse de bola para se empatar ou ganhar um jogo que se aproxima do fim. Também quando temos um jogador a menos por tap out ou precisamos da posse de bola para pedir tempo.

Esse tipo de marcação/defesa tem que ser feito de maneira ordenada, rápida e inteligente pois pode resultar em um tiro no pé.

No desenho acima repare que o marcador ‘A’ está na cola do adversário ‘D’ fazendo-o ter dificuldades em sair com a bola, tentando rouba-la. Note que o seu companheiro ‘B’ está rodando logo atrás a espreita para qualquer bola perdida ou para tomar o lugar do seu companheiro caso ele caia, e enquanto ele faz o tap out para ficar em sua posição ‘B’. Assim a marcação é feita em uma forma de circulo com um jogador tomando o lugar do outro deixando menos espaço e tempo possivel para o adversário pensar.

Claro que não é tão simples assim pois o adversário tb tem seus companheiros para ajudá-lo, por isso é que tem que ser feito de maneira inteligente, é quase como ua jogo de xadrês.

Pra dar certo é preciso muita comunicação e entrosamento com seu companheiro, lembre-se que quanto mais ele souber onde você esta, mais fácil vai ser.

SPBP: 3 anos de história! Feliz aniversário galera

É com muita, muita, MUITA alegria e satisfação que comemoramos HOJE os 3 anos desde o primeiro jogo de Bike Polo em São Paulo (e a criação “oficial” do SPBP).

Foi em 24/10/2009, numa quadra qualquer do Jabaquara, numa tarde após o lindo casamento de Willian Cruz (autor do Vá de Bike) com Priscila Cruz onde todos estávamos em êxtase com o pedal do casório e bem vestidos (demais) para jogar Bike Polo.

Todos meio sem jeito, com bicicletas difícieis de controlar, caindo e levantando, sorrindo, engatinhando no jogo e nas regras. O resultado disso? Partidas épicas, de arranhões e alegrias – digno de SPBP.
“O Rafa Rodo fez o primeiro gol em terras brasileiras. Ele tava usando uma montain bike com um caixote no bagageiro. Foi daqueles gols meio ridículos, em que a bola vai indo e ninguém consegue impedir. Todo mundo muito cabaço. Nesse dia enfiei o taco na roda da frente e estourei um aro” relatou o querido Silvio Tambara, também dos primórdios do esporte.
Veja o primeiro relato disso no FixaSampa 
As primeiras fotos feitas por mim, Aline Cavalcante, hoje integrante da Liga Feminina
Parabéns a todos(as) que fizeram e fazem parte dessa história, um beijo especial ao Wagner Carvalho, um dos caras mais importantes, empolgados e entusiastas do esporte aqui na cidade-cinza. Ele com certeza é também um dos grandes responsáveis pela disseminação do Bike Polo no Brasil. Além do mais, o Wagneta atualiza o blog do SPBP, JOGA PRA CACETE, é o atual campeão sulamericano junto com seu time, o Underdogs, formado por Flávio Nonato e Gabriel Gargamel.
É o nosso bebê de três aninhos começando a caminhar de verdade e que em 2013 vai ter que dar um pulo de gente grande, quando seremos sede do Sul-americano de Bike Polo. É o Brasil, São Paulo e a América do Sul representando muuuuuuito o esporte!!! 😀